Tóquio, Cidade Ocupada

Em Janeiro de 1948, um homem fingindo ser um oficial de saúde do governo vai a um banco ministrar um tratamento para um surto de diarreia. Após tomar os remédios, 12 empregados morrem, 4 estão inconscientes e o ‘funcionário da saúde’ foge. Doze vozes contam a história do assassinato, fazendo o retrato de uma sociedade que tenta sair do inferno pós-guerra. Traduzimos este livro sensacional, que conta uma história verídica de forma angustiante e inovadora. Lançamento da Planeta, com tradução de Júlio de Andrade Filho.

O FUTURO deste nosso PRESENTE

No que acreditamos

O FUTURO deste nosso PRESENTE Os alfabetizados e letrados do futuro não serão somente aqueles que sabem ler, discursar e escrever… Serão aqueles que souberem aprender, desaprender, reaprender, entender o que há oculto por trás das letras, sílabas, palavras, frases, parágrafos e textos. Todos que aprenderam a ler, na qualidade de público, possuem o direito de compreender o que está escrito, por isso confiamos e acreditamos na linguagem acessível, agradável e inteligente. E o … Read More

via Clene Salles Editorial

ABRIL EDITORA

O FUTURO deste nosso PRESENTE

Os alfabetizados e letrados do futuro não serão somente aqueles que sabem ler, discursar e escrever… Serão aqueles que também souberem aprender, desaprender, reaprender, entender o que há oculto por trás das letras, sílabas, palavras, frases, parágrafos e textos.

Todos que aprenderam a ler, na qualidade de público, possuem o direito de compreender o que está escrito, por isso confiamos e acreditamos na linguagem acessível, agradável e inteligente.

E os ComUNIcadores devem se conscientizar de que, com as palavras, podem realmente comUNIcar o que conhecem e transmitir esse conhecimento como símbolo de responsabilidade, doação e promover a união, a ética, o bom senso, o humanitarismo e a gratidão.

O UNIverso há de mobilizar-se a nosso favor, porque a boa comunicação promove dignidade e força.

 

%d bloggers like this: